Programa História em Pauta Nº 55 (Revolução de 1817)


Programa História em Pauta, edição 55, gravado no estúdio da rádio comunitária A Voz do Morro. Dessa vez falando sobre a Grande Revolução de 1817. A Introdução e a produção do vídeo foram realizados por Felipe Carreira. A apresentação por Fábio Melo e Rafael Freitas. Participação com comentários e como “Voz do Além” do professor Marcelo Alessandro Mutti Perroni (Viamão/RS), lendo um texto tirado de fonte primária sobre o movimento de 1817. Com abordagens a partir de OliveiraLima, Sérgio Buarque de Holanda, Darci Ribeiro e Luis Câmara Cascudo, verificamos quais foram os pioneirismos dos revolucionários, a saber: durante esse fato histórico tivemos a primeira presidenta da História brasileira, a primeira lei abolicionista, a primeira presa política, a primeira constituição republicana e pela primeira vez a aparição na imprensa mundial do Brasil como estado independente. Não foi pouca coisa! Eram 400 pessoas de todas as cores e idades, descalças e seminuas, armadas, para ocupar com èxito o governo de Pernambuco, contra os “malvados europeus, nossos inimigos comuns”, conforme as palavras coetâneas ao evento sobre a vanguarda da rebeldia. Em meio a dura realidade do Brasil em 1817, de fome, de agitação política, de revide contra a metrópole colonial, que tornou possível algumas comparações entre a Revolução de 1817 e a Revolução Haitiana. Tudo isso bem descrito na cronologia da Revolução que iniciou em Pernambuco. Principais personagens, como Frei Caneca, Bárbara de Alencar e Pedro da Silva Pedroso, conhecido como “proselitista da causa negra” foram interpretados e trazidos a tona, outrora tão esquecidos, embora tão importantes para a revolução que durou três meses. Saiba qual foi o papel das mulheres na revolução e o que têm a ver com a Revolução de 1817, Artigas e Cipriano Barata, assistindo ao vídeo! A partir de um áudio enviado pelo estudante Raul Nascimento sobre as ocupações da Universidade Federal do Pará e Instituto Federal do Pará, fizemos relações entre as ocupações ocorridas no nordeste no século XIX e as ocupações contra a PEC 241/55 do governo, então interino, do bandido Michel Temer, nosso hodierno Montenegro. Finalizamos o programa com um áudio contendo leitura de poema de Hamurabi Batista pela professora Aline Justino sobre a família Alencar e a Revolução de 1817. Apoio cultural da Ladeira Livros (Contra burguês, banca 16). Muito bom o programa História em Pauta, n° 55. Nós copiamos os revolucionários de 17: a nossa teoria também é a prática!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...