Análise da música "Kikiô" - Almir Sater

Na música "Kikiô", podemos compreender um pouco sobre a história dos índios e principalmente sobre a migração indígena pela América do Sul e pelo Brasil.



Kikiô 
Almir Sater



Kikiô nasceu no centro
Entre montanhas e o mar
Kikiô viu tudo lindo
Tudo índio por aqui
Índia América deu filhos
Foi Tupi, foi Guarani

Antes da chegada do europeu, os índios eram os únicos habitantes das Américas. No momento do expansionismo indígena pela América um dos povos se diferenciou desenvolvendo uma língua proto-tupi no sul da Amazônia. Esse língua com o tempo se derivou transformando em várias outras línguas que deram origem a várias etnias indígenas entre elas os Tupis e os Guaranis.

Kikiô morreu feliz
Deixando a terra para os dois
Guarani foi pro sul,
Tupi pro norte

Com a migração indígena pelo Brasil e América do Sul os Guaranis se deslocaram para o sul, se fixam principalmente no Paraguai e nos Estados do Sul do Brasil.
Já os Tupis se deslocaram principalmente para o norte e nordeste brasileiro.

E formaram suas tribos
Cada um em seu lugar
Vez em quando se encontravam
Pelos rios da América
E lutavam juntos contra o branco
Em busca de servidão
E sofreram tantas dores
Acuados no sertão
Tupi entrou no Amazonas
Guarani ainda chama

A luta contra o branco foi algo constante na história do índio, os índios do nordeste se deslocaram para o sertão para fugir do branco e com o passar do tempo tiveram que se deslocar cada vez mais em busca de abrigo. 
Os Guaranis acabaram em reduções jesuíticas ou indo trabalhar como administrados pelos brancos. Com a falta de mão de obra escrava os guaranis eram caçados pelos bandeirantes.

Kikiô na lua cheia
Quer Tupi, quer Guarani
Kikiô na lua cheia
Quer Tupi, quer Guarani
Kikiô na lua cheia
Quer Tupi, quer Guarani
Kikiôooooooo

Podemos entender com esse trecho que Kikiô e na verdade o verdadeiro dono dessas terras deixando elas para seus filhos, os índios.



Sobre o Autor:
Felipe Carreira
Felipe Carreira. Historiador e técnico em informática. Especialista em uso de mídias e tecnologias em educação. Estuda sobre a pirataria no Atlântico com ênfase no século XVII e XVIII. Criador deste espaço virtual para o GEACB. Produz vídeos e documentários sobre a História da América,.

3 comentários:

  1. Chorei so ouvir a musica de Almir Sater e principalmente ao ler os trechos com a análise de Felipe Carreira. Me transportei através do tempo, e me vi na pele dos meus antepassados, pois apesar de ser branca na pele, sou mestiça no sangue e na alma, descendente de índios por parte de de pai. Chorei, senti um aperto no peito, por constatar que não temos mais raízes, por não sabermos mais quem somos.

    ResponderExcluir
  2. bem comentado. A letra fala por sí solamente.

    ResponderExcluir
  3. por favor faça a correção, a musica e letra de KIKIO é de autoria de GERALDO ESPINDOLA...ALMIR SATER só cantou

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...